A paisagem típica da caatinga prevalece nessa região plana, de 400 metros de altitude e com clima quente e seco. O vale possui algumas características únicas, como, por exemplo, a sua capacidade produtiva, que chama atenção do mundo todo. Devido às técnicas de viticultura, cada planta gera duas safras por ano, em ciclos de 120 a 130 dias. O período de repouso, por exemplo, é induzido pela irrigação artificial, e dura de 30 a 60 dias. É interessante ressaltar que essa área fica localizada fora da faixa recomendada para cultivo de uvas viníferas no mundo. O cultivo só foi permitido devido às técnicas de irrigação controladas, utilizando as águas do Rio São Francisco.

Podemos destacar algumas vinícolas que levam fama na região, como a Rio Sol, com seus espumantes, e a Miolo.

Uvas mais cultivadas na região:
Cabernet Sauvignon
Syrah
Tannat
Grenache
Touriga Nacional
Tempranillo
Chardonnay
Sauvignon Blanc
Viognier
Chenin Blanc
Arinto
Fernão Pires
Moscatel

Solos: areno-argilosos.

Estilos de vinhos elaborados:
Espumantes são os mais reconhecidos;
Tintos;
Rosés;
Brancos.