Considerada a estrela da vitivinicultura brasileira, essa região, localizada no Nordeste do Rio Grande do Sul e bem próxima de Campos de Cima da Serra, durante muito tempo foi a única referência de vinhos finos no Brasil. Destacando-se pela quantidade e qualidade dos vinhos produzidos, corresponde a 85% da produção nacional. Apesar de ser uma região adequada para elaboração de vinhos, a Serra Gaúcha possui uma alta pluviosidade, ou seja, as chuvas são frequentes, e isso pode acabar prejudicando a safra. Possui como ponto central o município de Bento Gonçalves, onde está localizado o Vale dos Vinhedos, que é compartilhado com outros dois municípios: Garibaldi e Monte Belo do Sul. 

O Vale dos Vinhedos foi a primeira DO (Denominação de Origem) brasileira, com regras sobre a produção de vinhos e espumantes. 

Também temos como destaque na Serra Gaúcha os municípios de Pinto Bandeira, Monte Belo do Sul, Farroupilha e a região de Altos Montes, que abrange Flores da Cunha e Nova Pádua.

Uvas mais cultivadas na região

Solos: areno-argiloso

Estilos de vinhos: maior destaque para os tintos e espumantes, apesar de também se produzir brancos e rosés